Guia de raças caninas – Rottweiler


hoje no guia de raças caninas, uma raça bastante popular e que é conhecida como um dos melhores cães de guarda do mundo. hoje veremos o rotweiller História No ano 73 antes de cristo o imperador Vespasiano da dinastia flaviana enviou legiões romanas ao sudoeste do que hoje é a Alemanha, próximo a floresta negra em um ponto estratégico onde cruzavam-se várias rotas de viagem e lá ele fundou o que viria a ser uma cidade, a qual foi chamada de Arae Flaviae a cidade servia como posto fortificado avançado e como passagem para legiões que iriam aventurar-se em conquistas de terras mais ao norte. para alimentar todos os soldados, rebanhos de animais os acompanhavam, e para proteger estes rebanhos eram usados cães que provavelmente eram o cão Molossus o qual também era chamado de Canes Pugnaces(ou Canis Pugnax) pelos romanos e que além de pastorear e proteger os rebanhos contra o ataque de predadores, também auxiliava as tropas nas guerras. Por volta do ano 260 depois de Cristo o povo germânico da Suábia conseguiu tomar o controle da cidade, expulsando os romanos que acabaram deixando boa parte de seus cães os cães que ficaram acabaram cruzando com raças nativas, como o Bullenbeisser, por exemplo um extinto cão de caça alemão. o que acabou dando origem a um novo cão de tamanho diversificado. Sob controle do povo da Suábia, a cidade passou a ter como principais atividades a agricultura e a criação de gado. Eles perceberam a aptidão dos cães para a lida com o gado e sua imensa utilidade em outras funções e os fizeram indispensáveis no trabalho. A expulsão dos romanos também levou à mudança de nome da cidade que provavelmente por possuir diversas construções de telhado vermelho, acabou recebendo o apelido de “Das rote wil” que significa “telhado vermelho”. E que mais tarde foi adaptado para o nome Rottweil. A cidade tornou-se um importante centro de comércio de gado e os açougueiros da região utilizavam bastante estes cães, que por este motivo ficaram conhecidos como “Rotweiller Metzgerhund” que significa “Cão de açougueiro de Rottweil”. Estes cães foram extremamente úteis como cães de pastoreio, cão de tração, e cão de guarda de valores e de propriedade até o final do século 19, quando o pastoreio com cães foi proibido somado a isto, passaram a utilizar outros animais para tração e a usar trens para transporte. Isto tudo colaborou para o declínio da raça, que sem utilidade quase chegou a total extinção. No início do século 20 restava apenas uma fêmea adulta da raça, e para resgatar o rottweiler alguns entusiastas tiveram que cruzar esta cadela com cães de outras raças semelhantes. As raças utilizadas no resgate nunca foram declaradas porém acredita-se que tenham utilizado a raça Grande boiadeiro suíço, que possui semelhança e ancestralidade em comum com o Rottweiler, e provavelmente também o Beauceron, uma raça de boiadeiro francesa e de origem antiga. Depois de conseguirem gerar um bom número de exemplares um grupo de criadores se reuniram e fundaram o clube DRK em 13 aneiro de 1914. O clube já contava com cerca de 500 cães e utilizou como principal reprodutor o cão “Lord von Der Tech” porém o primeiro cão registrado no clube o “Russ von brukenbuckel” . Os integrantes do DRK buscavam produzir excelentes cães de trabalho para funções como a guarda por exemplo e não se preocupavam com a aparência dos cães. Existiam rottweilers de várias cores. Em 27 de abril de 1915 foi fundado um outro clube, o SDRK que logo depois mudou de nome para IRK e tinha como objetivo pradonizar o rottweiler pela aparência ou IRK já contava com cerca de três mil exemplares e utilizou como base um cão macho chamado “Ralph von Neckar”. Surgiram também outros clubes dedicados à raça em várias partes da Alemanha e em 1921 todos os clubes se uniram formando o ADRK, que até hoje é o clube mais importante da raça no mundo e que dita a todas as regras de criação do rottweiler. Antes obrigatório, o corte de cauda não é mais realizado pela maioria dos criadores. O rottweiler foi reconhecido pela federação cinológicao internacional em 19 de junho de 2000. Variedades: assim como acontece em várias raças de trabalho o rotweiller possui linhagens mais voltadas para exposições de cães, e outras direcionadas para a função principalmente para a função de guarda. é interessante mencionar que hoje existe uma estranha tendência em desenvolver cães com focinhos muito curtos e com Stop exagerado, sem nenhum motivo funciona,l que não seja saciar preferências pessoais de criadores. Também é importante abordar a questão do tal “rotweiller americano” este termo originalmente era utilizado para designar linhagens americanas de Rottweiler, mas hoje é também é utilizado para nomear cães mestiços sem origem definida, nascidos nos estados unidos e que lembrma um pouco o Rottweiler, mas não pertencem à raça. Características físicas: Cor Sempre preto com marcas castanhas qualquer mancha branca, além de ser inaceitável, também é vista como sinal de mestiçagem Altura. A altura dos machos varia de 61 a 68 centímetros na cernelha e a das fêmeas entre 56 e 63 centímetros. O padrão atual considera a altura ideal de 65-66 centímetros para machos e de 60 a 61 centímetros para as fêmeas. Peso: o padrão relata que os machos pesão 50 quilos e as fêmeas cerca de 42 quilos. Mas existem cães mais leves. Características gerais e temperamento o Rottweiler é um cão forte, corajoso inteligente, alerta, leal, treinável e ávido pelo trabalho. É um cão que gosta de ter uma função. É muito protetor e territorialista tanto contra humanos quanto contra animais. É desconfiado com estranhos, característica que torna-o um bom cão de guarda os machos costumam ser bem dominantes e por isto não são indicados para donos inexperientes. Machos ou fêmeas também podem ter dificuldade em conviver com cães do mesmo sexo. Esta característica é mais exacerbada nos machos. A socialização com outros cães desde filhote é essencial. sua pelagem preta e densa com pêlo e subpêlo diminuem a sua resistência ao calor é um cão que precisa de espaço e gosta de se exercitar. Utilização o rottweiler pode ser utilizado como cão policial, cão militar e cão-de-guarda residencia. Pode ainda ser utilizado como cão de pastoreio. Saúde: A doença mais comum relatada no rotweiller é a displasia coxofemoral por isto antes de adquirir um filhote é importante verificar o raio-x dos pais. estes cães também podem ser acometidos por outros problemas articulares e por doenças cardíacas, alergias na pele e hipotireodismo e até desenvolver dilatação gástrica, principalmente no caso dos cães mais pesados. sua pelagem não exige escovação regular. este foi o guia de raças caninas para conhecer mais raças aguarde pelos próximos episódios ou assista ao anteriores

32 thoughts on “Guia de raças caninas – Rottweiler

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *